Aba 1

NOTÍCIAS

Postado em 14 de Agosto de 2017 às 09h04

A importância do check-up médico

Vitafrux o Melhor para Saúde e Bem-estar. Exames preventivos podem identificar fatores de risco cardiovasculares e estágios iniciais de alguns tipos de câncer inaparentes. Há quem ainda pense que check-up médico...

Exames preventivos podem identificar fatores de risco cardiovasculares e estágios iniciais de alguns tipos de câncer inaparentes.

Há quem ainda pense que check-up médico é sinônimo de exames muitas vezes desnecessários e onerosos. Mas ninguém discute que a maioria dos fatores de risco para as doenças cardiovasculares e os estágios iniciais do câncer são assintomáticos e precisam ser diagnosticados precocemente.

Há consenso que, seja sob o nome de check-up ou de consulta preventiva, ninguém deve deixar de realizar avaliações médicas periódicas. Crianças devem visitar anualmente o pediatra. Adolescentes devem ir ao ginecologista à partir da puberdade. Adultos devem fazer o check-up de prevenção de doenças crônicas à partir dos 30 anos, ou antes se houver alguma dúvida ou sintoma.

A cada ano, cerca de 140.000 pessoas morrem de doenças cardiovasculares no Brasil, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. As doenças cardiovasculares representam a principal causa de mortalidade e de comprometimento da qualidade de vida das pessoas ao redor do mundo, e em especial no Brasil.

Há, em geral, dois tipos de check-up: o executivo – em que se faz uma série de exames e consultas de diferentes especialidades em um só dia; e o individualizado – no qual o cardiologista ou o clínico, em uma consulta, solicita os exames pertinentes às necessidades de cada indivíduo, gênero, idade, profissão etc.

O diálogo continuado e verdadeiro entre o médico e o paciente, desde a era de Hipócrates, não encontrou substituto na história. Dali, nascem os diagnósticos, as ponderações, os planos de tratamento e as alternativas. O cuidado a um paciente envolve humanização, a construção de uma relação médico-paciente intensa capaz de atuar na conscientização do paciente em relação à necessidade de estabelecer hábitos de vida saudáveis visando a prevenção e ao mesmo tempo a criação de laços de confiança para que o cuidado seja focado no paciente, visando seu bem-estar no âmbito da cura e da melhora de sua qualidade de vida.

Fonte: Veja Abril

Veja também

Pequenos lanches mandam a fome embora!22/07/16 Uma opção saudável é preencher a sensação de vazio no estômago com algum lanchinho que não prejudique a sua dieta. É isso mesmo! Lanchinho. Já que eles são feitos nos intervalos entre a refeição principal e os lanches convencionais. Os lanches mais fracionados não fazem mal nenhum à saúde nem à......
Batata yacon é boa para intestino, colesterol e glicose!21/10/16 Segundo o site da Globo, o Yacon é um vegetal é originário dos vales andinos, e na linguagem indígena significa água.  Segundo a nutricionista Karin Honorato, “o maior benefício deste vegetal é......

Voltar para (Notícias)